AMO MUITO TUDO ISSO


domingo, 19 de julho de 2015

VELHICE










"A gente descobre que está ficando “velha” quando... Calça 38 só com “reza braba”; Na verdade a 38 virou 42, mas a gente fala que veste 40; Emendar balada com trabalho já não é tão simples assim; A gente finalmente entende que não adianta espernear que ele não volta; Conselho de mãe finalmente começa a fazer sentido; A gente percebe que homem misterioso/confuso na verdade é um porre; A companhia é mais importante que o lugar; A baladinha da moda que TODO MUNDO vai é o último lugar que você quer ir; A gente se da conta que é mortal e as pessoas que amamos também (portanto, reclame menos e aproveite mais); O que as pessoas falam sobre você realmente não interessa (a não ser que seja um amigo ou parente muito querido); Você pode não ter ficado mais confiante, mas você disfarça bem que é uma beleza; Ser feliz fica mais simples e você começa a dar valor ao que realmente tem."
Clarisse Lispector

Nenhum comentário:

Postar um comentário